Simulação CFD – Conceitos e aplicação


Apesar de ser uma tecnologia de ponta ainda pouco conhecida no Brasil, convidamos você a entender mais sobre o conceito e utilização da fluidodinâmica computacional. Ela é empregada em processos industriais e pode ser a ferramenta necessária para mudar a visão sobre a área de produção e enxergar seu papel estratégico, bem como ser o fator que vai transformar os resultados do negócio — principalmente no que diz respeito ao ganho de produtividade e à redução de custos.

No post de hoje vamos falar mais sobre esse tema, apontando alguns aspectos fundamentais para que isso seja possível. Continue com a leitura e saiba mais.

O que é Fluidodinâmica Computacional (CFD)?

A Fluidodinâmica Computacional (CFD) é uma ferramenta capaz de analisar o comportamento dos fluidos líquidos e/ou gasosos em diferentes aplicações da indústria. Através das análises térmicas, de velocidade, concentração e pressão dos fluidos, o CFD demonstra de forma 3D o comportamento destas características e também onde possam estar ocorrendo eventuais desequilíbrios que geram as perdas.

Veja aqui alguns exemplos de processos industriais que podem ser estudados:

– Ambientes de Atmosfera Controladas
– Misturadores e Agitadores
– Válvulas e Tubulações
– Trocadores de Calor
– Segurança e Meio Ambiente

Com base nestas informações é possível propor ações para melhorar o desempenho de processos de forma direta e assertiva. A simulação numérica computacional é uma tecnologia aplicada atualmente em indústrias que buscam alta performance em seus processos e produtos, onde a qualidade é um diferencial competitivo.

Vantagens:

As vantagens geradas pela tecnologia CFD estão relacionadas com a capacidade de gerar resultados sem intervir no processo para validar soluções e cenários, evitando paradas de produção que possam ocasionar riscos operacionais e perdas produtivas.

Agregar a alta tecnologia do CFD aos processos industriais é uma tendência de mercado que está cada vez mais alinhado com a Indústria 4.0. O uso desta tecnologia pode gerar valor através da melhoria da qualidade e redução de custos aos processos industriais. Saiba mais sobre sua aplicação em diferentes indústrias aqui.

Blog